O que é candlestick?

Tempo de leitura: 4 minutos

A leitura de gráficos é fundamental para qualquer estilo de investimento. Essa tarefa pode ser bem complexa para investidores iniciantes, mas investir é um jogo de probabilidades e riscos.

Confiar nos seus instintos pode surtir alguns efeitos e acertos, mas nem sempre a sua intuição será suficiente para garantir uma boa estratégia no mercado financeiro.

O que é o candlestick ou candle?

O candlestick ou candle são os gráficos de velas, um tipo de gráfico financeiro que representa os movimentos gradativos do preço de um ativo, dentro de um determinado período.

Em inglês, o termo candlestick significa candelabro e candle velas, como os nomes já sugerem, o gráfico é caracterizado por reproduzir esse formato. Cada vela representa o mesmo intervalo de tempo, podendo esse variar de segundos a anos.

Apesar dos candlestick serem utilizados em diversas análises, seu uso é recorrente por parte dos analistas do mercado financeiro. Quando utilizado de forma correta, o gráfico pode auxiliar traders a avaliar probabilidades de resultados na movimentação de preços.

Quais as principais características do candlestick?

Para o seu padrão mais simples o candlestick possuí três características principais: período, formato e cor.

  • Período: Cada candle (vela), representa a movimentação que ocorreu com o preço durante um determinado intervalo de tempo. Esse intervalo será determinado pelo analista em questão, podendo variar de segundo, minutos ou até mesmo anos, tudo vai depender da estratégia utilizada.
  • Formato: Quando o gráfico é padronizado, apresentará o preço mínimo e máximo que o ativo atingiu no período determinado. Independente da escolha de ativo, teremos sempre as mesmas informações – Abertura (Preço do primeiro negócio); Fechamento (Preço do último negócio); Mínima (Menor preço negociado); Máxima (Maior preço negociado).
  • Cor: A cor é responsável por determinar se a movimentação do ativo foi alta ou baixa, durante o período escolhido. Quando representa uma queda, o preço do fechamento foi inferior ao da abertura, a vela será na cor vermelha ou preta. Caso o contrário ocorra, o preço do fechamento foi superior ao da abertura, e o ativo esteja em alta, a vela terá a cor verde ou branca.

Como realizar a leitura do candlestick?

Os gráficos de vela são fáceis de serem lidos, muitos analistas o julgam mais fáceis de interpretação que os tradicionais com barras e linhas, porém as informações fornecidas são bem semelhantes.

Cada vela representa uma disputa entre os valores de um determinado ativo no período determinado. Quanto mais longo o corpo da vela, mas intensa foi a pressão entre compra e venda no período. Caso as sombras da vela estejam curtas, significa que a máxima ou a mínima, daquele período, estavam próximas do preço do fechamento.

Como já mencionamos as cores vão representar o resultado dessa disputa, elas podem variar, mas de uma forma geral, se o ativo está em alta será representado nas cores verde ou branca, caso esteja em baixa, vermelho ou preto.

Vale a pena ressaltar que, apesar do candlestick serem úteis nas análises, eles podem não fornecer todos os dados necessários para uma análise mais abrangente.

Por exemplo, os gráficos de vela não demonstram o que acontece no intervalo entre a abertura e o fechamento, apenas a distância entre esses dois pontos, fornecendo apenas a ação geral do preço.

Muitos traders diminuem o intervalo de tempo para conseguir obter mais detalhes, essa pode ser uma dica para quem deseja utilizar esse tipo de gráfico.

A análise pode me ajudar a ter bons resultados?

O candlestick é uma ferramenta importante para qualquer investidor, eles não apenas são capazes de fornecer uma representação visual da ação do preço de um ativo, mas de fornecer flexibilidade de análise, permitindo diferentes intervalos de tempo.

Para obter bons resultados é importante entender os benefícios e limitações de ter estratégias baseadas exclusivamente na ação de preço. É preciso muita experiente para ser assertivo utilizando apenas um método, afinal, nenhuma tendência gráfica é 100% assertiva.

O estudo de gráficos e padrões podem sim fornecer uma vantagem sobre o mercado, mas muitos investidores concordam que é importante associar outros métodos, assim como aplicar uma mentalidade analítica e prática ao seu perfil de investidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *