7 coisas que você precisa saber antes de comprar Cardano (ADA)

Tempo de leitura: 4 minutos

Sabemos que sempre estão surgindo novas criptomoedas no mercado, o Cardano (ADA) surgiu como uma criptomoeda de terceira geração, tendo como base os recursos utilizados pelo Bitcoin e o Ethereum, porém visando ser mais sustentável e escalável. 

Apesar de apresentar muito potencial, essa moeda vem passando despercebida pelo público, mas se essa criptomoeda chamou a sua atenção, separamos aqui 7 coisas que são essenciais que você tenha em mente, antes de realizar a compra.

1 – O Cardano é eficiente em termos de energia

Como já mencionamos, o Cardano visa ser uma moeda sustentável e um dos grandes diferenciais está no seu gasto energético. Por utilizar um sistema diferente para a verificação das transações, chamado “Prova de Aposta”, é possível limitar o número de dispositivos que verificam a qualquer momento, o que mantém o consumo de energia em níveis razoáveis.

Por outro lado, moedas como o Bitcoin utilizam um sistema chamado “Prova de Trabalho”, que não limita os dispositivos, elevando os gastos energéticos a valores exorbitantes. 

A utilização da prova de aposta é algo tão vantajoso que a Ethereum já está elaborando uma mudança de sistema.

2 – O fundador do Cardano ajudou a criar a Ethereum

O fundador do Cardano, Charles Hoskinson, fez parte da equipe que desenvolveu a Ethereum, porém ele desejava que o projeto fosse comercial, ao contrário de Vitalik Buterin, inventor da plataforma, que queria uma organização sem fins lucrativos. 

Por este motivo Hoskinson foi removido da equipe 2014, já em 2015 iniciou os projetos de desenvolvimento do Cardano, que por sua vez apresenta muitas semelhanças com a Ethereum, visto que ambas são blockchains programáveis, nas quais as pessoas podem desenvolver aplicativos e utilizar contratos inteligentes.

3 – O Cardano pode lidar com um grande número de transações

Um dos maiores problemas apresentados pelas criptomoedas é a escalabilidade. O Cardano surgiu com o objetivo de sanar esse problema. Segundo os testes mais recentes, a plataforma é capaz de processar 257 transações por segundo.

A equipe de desenvolvimento já está planejando adicionar uma nova camada a blockchain, chamada Hydra, com essa tecnologia estima-se que será possível processar 1 milhão de transações por segundo.

4 – O Cardano apresenta várias formas de utilizações

Como todo projeto ambicioso, o Cardano apresenta muitas possibilidades de utilização da sua tecnologia, indo além do universo das criptomoedas.

Segue algumas utilizações:

  • Saúde: A blockchain pode ser utilizada para autenticação de produtos farmacêuticos, impedindo assim a compra de produtos falsificados.
  • Agricultura: A tecnologia da plataforma pode fornecer um rastreamento confiável para uma cadeia de suprimentos para fazendeiros, transportadores e comerciantes.
  • Educação: Recentemente o Cardano fechou uma parceria com o Ministério de Educação da Etiópia, no qual a blockchain armazenará registro a prova de falsificação de mais de 5 milhões de estudantes. Desta forma, quando esses estudantes buscarem ensino superior ou emprego, terão seus registros disponíveis na plataforma.
  • Finanças: O Cardano pode ser utilizado em países em desenvolvimento para registro de identidade e demonstrativo de capacidade de crédito das pessoas.
O que existe de especial no Cardano (ADA)?
O que existe de especial no Cardano (ADA)?

5 – Apresenta uma abordagem de pesquisa em primeiro lugar

Um dos grandes diferenciais do Cardano está no seu processo de revisão por pares. A plataforma utiliza engenheiros e especialistas acadêmicos especializados em blockchains e criptografia, como peças fundamentais para a sua construção e evolução.

A revisão por pares significa que o Cardano é uma criptomoeda com desenvolvimento lento e constante, diferente de outras no mercado, que apresentam mudanças rápidas.

A grande vantagem da revisão por pares está no fato que a maioria dos problemas são identificados nos períodos de testes, diminuindo o risco de grandes problemas em suas aplicações.

6 – Existe um número limitado de Cardanos

Todas as criptomoedas podem apresentar um suprimento fixo ou ilimitado. O Bitcoin, por exemplo, apresenta um suprimento fixo, visto que nunca haverá mais de 21 milhões de Bitcoins.

O Cardano apresenta a mesma configuração, com um suprimento fixo de 45 bilhões de ADA, tendo atualmente 32 bilhões de ADA em circulação.

Ter um número fixo de suprimentos não garante uma alta nos valores, mas se a moeda ganhar popularidade, a oferta limitada pode gerar uma valorização.

7 – Não é possível encontrar o Cardano em todos os lugares

Como a maioria das grandes criptomoedas, é possível encontrar o Cardano em várias bolsas de criptomoedas, porém não está disponível em todos os lugares, é preciso pesquisar em quais plataformas a moeda está listada.

Como todos os investimentos, o Cardano oferece riscos, não é possível definir o seu sucesso ou alta no mercado, mas é possível ver como a moeda está entusiasmando os investidores. Por isso é preciso estar atento ao mercado e as mudanças que ocorrem nele. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *